Iniciar sessão Registar

Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha

Poderá adquirir os nossos produtos directamente no website, por telefone ou email.

(…) ORDEM E PROVIDÊNCIA , visando explicitar o conteúdo do Artigo XVI do Alvará de 10 de Março (Papel selado).





Lisboa, na officina de António Rodrigues Galhardo, Julho de 1797, in-folio, 2 pgs. Em muito bom estado.

DECRETO

DECRETO ampliando o que se acha determinado pelo decreto de 19 de Outubro
de 1797 aos escravos provenientes "dos Portos de Cacheo, e Bissau, ou
Moçambique".
Lisboa, Janeiro de 1799, in-folio, 2 pgs.

(…) LISTA EM QUE SE ESPECIFICÃO AS NEGOCIAÇÕES QUE PARA SEREM VÁLIDAS EM JUIZO, DEVEM SER FEITAS EM PAPEL SELLADO

 

 

 

Lisboa, na officina de António Rodrigues Galhardo, Julho de 1797, in-folio, 4 pgs. Em
muito bom estado.

1-ALVARÁ EM FORMA DE LEI PELO QUAL SE ORDENA QUE ? EM LUGAR DE CINCO JUÍZES DO CRIME, E CINCO CORREGEDORES DOS BAIRROS, QUE NESTA CORTE HÁ PRESENTEMENTE, HAJA DAQUI AO DIANTE DOZE CORREGEDORES (?).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lisboa, 25 de Março de 1742, Apud Manoel Caetano de Payva, in-fólio, 4 pgs.

Exemplar com leves manchas de ferrugem e garatuja na página inicial.

2-LEY, POR QUE (?) MANDA OBSERVAR RELIGIOSISSIMAMENTE A IMMUNIDADE DOS MINISTROS PUBLICOS, DECLARANDO OS PRECISOS TERMOS A QUE ELLA DEVE ESTENDER-SE (?).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lisboa, 11 de Dezembro de 1748, apud João Gomes de Araújo, in-fólio, 4 pgs.

Exemplar com algumas manchas leves de ferrugem e assinatura na última página.

ADITAMENTO AO ALVARÁ de Agosto de 1797

 

 

ADITAMENTO AO ALVARÁ de Agosto de 1797 " de algumas
determinações que Sua Magestade ordena se observem no Estabelecimento da
Real Brigada da Marinha".
Lisboa, Regia Officina Typographica, Novembro de 1797, in-folio, 8 pgs. Muito bom
exemplar.

ADITAMENTO AO ALVARÁ de Agosto de 1797

 

 

ADITAMENTO AO ALVARÁ de Agosto de 1797 (ver supra) de alguns artigos
que "Sua Magestade foi servida mandar addicionar(...)"
Lisboa, Officina de Antonio Rodrigues Galhardo, 1798, in-folio, 4 pgs. Muito bom
exemplar.

ALVARÁ

ALVARÁ COM FORÇA DE LEI criando " hum Corpo de Artilheiros
Marinheiros, de Fuzileiros Marinheiros, e de Artifices, e Lastradores Marinheiros,
debaixo da denominação de Brigada Real da Marinha(...)."
Lisboa, Regia Officina Typographica, Agosto de 1797, in-folio, 21 pgs. Muito bom
exemplar.

ALVARÁ COM FORÇA DE LEI


Criando “ Uma Junta de Direcção Geral para o provimento das munições de boca do Exercito, dando o regulamento conveniente para melhorar o systema deste ramo de administração(?).”

Palácio de Queluz, 29 de Agosto de 1801
Apud Regia Officina Typographica, Lisboa, in fólio, 11 pgs.

ALVARÁ COM FORÇA DE LEI


Dispondo sobre os “Emolumentos do Secretario, Officiaes, e Ajudantes da Secretaria” do Conselho do Almirantado

Palácio de Queluz, 31 de Julho de 1798
Apud Off. de António Rodrigues Galhardo, Lisboa, in fólio, 4 pgs.

ALVARÁ COM FORÇA DE LEI, PELO QUAL VOSSA ALTEZA

 

 

 

Real servido mandar se dê toda a assistência, e auxílio, que for requerida Pelo Doutor Diogo Inácio de Pina Manique (...) para a prompta, e eficaz execução Do Recrutamento Geral do Exército (...)
Palácio de Queluz, (apud Régia Officina Typografica), 17 de Agosto de 1801, in-fólio, 8 pgs.

ALVARÁ DE CRIAÇÃO DE UMA JUNTA PROVISIONAL PARA EXAMINAR AS DIVIDAS ACTIVAS E PASSIVAS DO REAL ERÁRIO, ETC







Palácio de Mafra, 6 de Novembro de 1799, apud Regia Officina Typographica, in fólio, 4 pgs.

ALVARÁ DE LEY POR QUE SE ACCRESCENTAO OS ORDENADOS, E EMOLUMENTOS DOS DESEMBARGADORES DO PAÇO, CASA DA SUPLICAÇÃO, E DO PORTO, E DOS CORREGEDORES, PROVEDORES, OUVIDORES E MAIS MINISTROS LETRADOS (?) E REFORMAR ALGUNS ABUSOS.













Lisboa, 7 de Janeiro de 1750, apud Manoel Caetano de Payva, in-fólio, 11 pgs.

Exemplar com algumas anotações coevas nas margens e leves pontos de ferrugem.

ALVARÁ DE REGIMENTO PELO QUAL SE ESTABELECE “UMA NOVA FORMA DE ARRECADAÇÃO DA (…) REAL FAZENDA A BORDO DAS EMBARCAÇÕES DA ARMADA REAL.

 

 

 

 

 

 

Palácio de Queluz, 7 de Janeiro de 1797, Regia Officina Typographica, in fólio, 24 pgs

ALVARÁ EM FORMA DE LEI PELO QUAL SE ORDENA QUE  EM LUGAR DE CINCO JUÍZES DO CRIME, E CINCO CORREGEDORES DOS BAIRROS, QUE NESTA CORTE HÁ PRESENTEMENTE, HAJA DAQUI AO DIANTE DOZE CORREGEDORES (?).

















Lisboa, 25 de Março de 1742, Apud Manoel Caetano de Payva, in-fólio, 4 pgs.

Exemplar com leves manchas de ferrugem e garatuja na página inicial.

ALVARÁ EM FORMA DE LEI, POR QUE V. MAGESTADE HÁ POR bem dar remedio à escandalosa liberdade, com que nesta Corte se commettem frequentes roubos, mortes, e ferimentos(…)

 

 

 

 

 

 

 

 

Lisboa, (apud Manoel Caetano de Payva), 10 de Abril de 1742.
In-fólio, 8 pgs. Exemplar com pequena falha de papel na última folha.

ALVARA PELO QUAL SE DECLARA E AMPLIA O ALVARÁ DE REGIMENTO A RESPEITO DAS PREZAS FEITAS AOS INIMIGOS DA (?) REAL COROA (?).









Lisboa, Palácio de Queluz, 9 de Maio de 1797, apud Regia Officina Typographica, in fólio, 7 pgs.

ALVARA PELO QUAL SE DECLARA E AMPLIA O ALVARÁ DE REGIMENTO A RESPEITO DAS PREZAS FEITAS AOS INIMIGOS DA (?) REAL COROA (?).









Lisboa, Palácio de Queluz, 9 de Maio de 1797, apud Regia Officina Typographica, in fólio, 7 pgs.

ALVARÁ PELO QUAL SE ESCLARECEM ALGUMAS DÚVIDAS QUANTO À ANULAÇÃO DE PRIVILÉGIOS NO PAGAMENTO DA SISA.







Palácio de Queluz, 8 de julho de 1800, apud regia Officina Typographica, in fólio, 4 pgs.

BREVE DO NUNCIO APOSTÓLICO, BARTHOLOMEU

 

 

 

 

Pacca, dispensando os "Exércitos do Mui Alto, e Sereníssimo Senhor, Principe Regente de Portugal" do preceito universal da abstinência justificado pelo estado de guerra.
Lisboa, (apud Regia Officina Typografica), 8 de Agosto de 1801, in-fólio, 4 pgs.

CARTA RÉGIA AO DOUTOR DIOGO INÁCIO DE PINA

 

 

 

Manique, autorizando-o a condecorar com o hábito da Ordem de Sant-Iago da Espada, todos os Juízes Ordinários das Terras, que com exactidão e fidelidade, promoverem o que por elle for ordenado para o recrutamento geral de todos os corpos do Exército(...).
Palácio de Queluz, (apud Régia Officina Typografica), 5 de Julho de 1801, in-fólio, 2 pgs.

DECRETO

DECRETO visando, através da isenção de direitos, animar e promover a
introdução da escravatura(proveniente de Angola) na Capitania e Estado do Gram
Pará.
Lisboa, Outubro de 1798, in-folio, 2 pgs.

DECRETO CONCEDENDO AMNISTIA “AOS PREZOS QUE

 

 

 

 

estiverem por Causas Crimes nas Cadeias públicas dos Districtos da relação de Lisboa e da do Porto(...) em razão dos felizes Sucessos do Nascimento, e Baptizado da Infanta Dona Isabel Maria, Minha Muito Amada, e Prezada Filha (...).

DECRETO RÉGIO

Determinando o aumento dos “Soldos dos Officiaes Inferiores, e Soldados da Companhia de Artilheria a Cavalo(?)

Palácio de Queluz, 20 de fevereiro de 1797
Apud Off. de António Rodrigues Galhardo, Lisboa, in folio, 1 pg.

DECRETO RÉGIO

Determinando os distritos “donde a mesma Brigada Real [de Marinha] tire as Recrutas, que lhe sejão necessárias para se conservar sempre no seu Pé, e número competente de Praças. (?)”

Palácio de Queluz, 29 de Abril de 1799
Lisboa, in folio, 4 pgs.

DECRETO RÉGIO

Determinando “Mandar proceder no meu exército ao Licenciamento mais amplo, que a constituição particular dos Corpos da diferentes Armas possa permitir (?).

Palácio de Queluz, 1 de Janeiro de 1800
Apud Off. de António Rodrigues Galhardo Lisboa, in fólio, 2 pgs.

DECRETO REGULAMENTANDO A CARTA RÉGIA DE 5 de Julho de 1801

 

 

 

 

Palácio de Queluz, (apud Régia Officina Typografica), 5 de Julho de 1801, in-fólio, 2 pgs.
15€

DECRETOS DE PERDÃO RÉGIO(CONJUNTO DE 10)



Conjunto de 10 decretos, datados de 1797 a 1801, concedendo como prova da “Real Clemência” perdão régio a todos aqueles “que tiverem tido a infelicidade de desertar dos seus corpos, e de se apartar de suas bandeiras”.

Os perdões régios são relativos ao membros do Exército e Brigada Real de Marinha.

EDITAL

EDITAL exortando a que " todas as pessoas dos mesmo Reinos (Portugal e
Algarve), de qualquer estado, profissão e condição que sejão (...) se abstenham de
todo o acto de hostilidade (...) contra as pessoas, bens, e effeitos da sobredita
Coroa de Hespanha e seus vassalos(...).
Lisboa, Regia Officina Typographica, Julho de 1801. In-folio, 2 pgs.

INSTRUCOES PARA O GOVERNO INTERINO e responsabilidade da Administrao do Papel Sellado, feitas pelo Intendente em virtude do Alvará, e Regulamento de 10 de Maro de 1797.

 

 

 

 

 

Lisboa, na officina de António Rodrigues Galhardo, Julho de 1797, in-folio, 19 pgs. Em muito bom estado.

ORDEM RÉGIA VISANDO FAZER CESSAR A SAHIDA DE GADO DA PROVINCIA DE ALÉM-TEJO PARA FORA DO REINO.







Palácio de Queluz, 16 de Maio de 1797, apud António Rodrigues Galhardo, in-fólio, 1 pg.

PERDÃO RÉGIO A TODOS OS SOLDADOS DA BRIGADA REAL DE MARINHA [D]O CRIME E DESERÇÃO (?)





Palácio de Queluz, 9 de Setembro de 1800, apud Officina de António Rodrigues Galhardo, in-fólio, 1 pg.

PLANO DE ORGANIZAÇÃO PARA O CORPO FIXO DA GUARNIÇÃO DA PROVÍNCIA DA BEIRA, SUA ECONOMIA, SOLDO E FARDAMENTO.

 

 

 

 

 

Palácio de Queluz, 31 de Março de 1797, Off. António Rodrigues Galhardo, in fólio, 8 pgs.

REAL DECRETO PRECEITUANDO QUE “OS ALUMNOS DAS DUAS REAIS ACADEMIAS DA MARINHA DESTINADO A ENTRAR NO CORPO DOS OFFCIAES(…) SEJAO INSTRUIDOS NAS MANOBRAS DOS INSTRUMENTOS NÁUTICOS, E NOS CALCULOS DAS OBSERVAÇÕES ASTRONÓMICAS(…).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lisboa, 6 de Julho de 1798, Off. de António Rodriques Galhardo, in fólio, 2 pgs.
Exemplar com orifício de bicho na margem superior sem prejuízo para o texto.

REAL DECRETO, COMUTANDO A PENA DE MORTE A

 

 

 

 

que fora condenado Veríssimo António da Gama Lobo, pela escandalosa entrega da Praça de Jerumenha, em "pena de extermínio, e de prizão por toda a vida na Fortalleza de Benguela(...)"
Palácio de Queluz, (apud Régia Officina Typografica), 23 de Janeiro de 1802, in-fólio, 4 pgs.

REAL PROVIDÊNCIA DISPONDO QUE NENHUM OFFICIAL DE CARPINTEIRO DE MACHADO, E CALAFATE, PRINCIPALMENTE OS QUE Á CUSTA DA SUA REAL FAZENDA FORAÕ ENSINADOS, (?)POSSAÕ TRABALHAR EM OBRAS PARTICULARES (?).















Lisboa, 11 de Outubro de 1799, apud Officina de António Rodrigues Galhardo, in-fólio, 4 pgs.

Exemplar com orifícios de bicho na margem inferior.

REAL RESOLUÇÃO

Dispondo “que se não continue a data, a distribuição das velas de cêbo aos cabeças de ranchos nos Navios da Coroa(?).”

8 de Janeiro de 1801
Apud Off. de António Rodrigues Galhardo, Lisboa, 2 pgs.

Resultados 1 - 50 de 56