Iniciar sessão Registar

Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha

Poderá adquirir os nossos produtos directamente no website, por telefone ou email.

SACRAMENTO, MÁRIO

Diário

Ed. Limiar, Porto 1975, capa dura editorial com capas de protecção, Col.Obras de Mário Sacramento nº 1, ilustrado, 362 pgs

SACRAMENTO, MÁRIO

Eça de Queirós

Uma estética da ironia
Coimbra. Ed., Coimbra, 1945, brochado, 286 pgs.
Exemplar com as capas cansadas e com acidez

SACRAMENTO, MÁRIO

Ensaios de Domingo

Coimbra Ed., Coimbra, 1959, brochado, 322 pgs.
Ensaio de Domingo II
Ed. Inova, Porto, 1974, brochado, 335 pgs.

SACRAMENTO, MÁRIO

Fernando Pessoa, poeta da hora absurda

Contraponto, Lisboa, sem data (1959), brochado, com dedicatória do Autor, 184/6 pgs.
Exemplar com as capas sujas; conserva a folha avulsa de erratas.

SACRAMENTO, MÁRIO

Há uma estética Neo-Realista?

Pub. D. Quixote, Lisboa, 1968, brochado, Col. Cadernos de Literatura nº1, 86 pgs.

SACRAMENTO, MÁRIO (prefácio)


Cartas de Estalinegrado

Arcádia, Lisboa, 1960, brochado, ilustrado, 159 pgs.
Extenso(45 páginas) e significativo prefácio de Mário Sacramento

SADE, MARQUÊS DE

A filosofia na alcova

Ed. Afrodite(Fernando Ribeiro de Melo), Lisboa, 1966, brochado, ilustrado (João Rodrigues), 215 pgs. Raro. Exemplar que evidencia manuseamento moderado.
Tradução de Hélder Henrique (pseudónimo de António Manuel Calado Trindade)
Prefácios de LUIS PACHECO e DAVID MOURÃO-FERREIRA.
Trata-se de primeira edição deste controverso livro que originou um processo judicial com intervenções de notáveis causídicos da oposição ao Estado Novo e que terminou com a condenação do editor, do tradutor, do liustrador (falecido entretanto), de Luis Pacheco e Herberto Hélder. Este último que esteve para ser o tradutor, foi condenado como cúmplice.

SAINT-MAURICE, ODETTE DE

Voltar ao Passado

Ed. Presença, Lisboa, Col. Gôndola, brochado, 250 pgs

SAINTE-BEUVE, C.-A.

Tableau historique et critique de la Poésie Française au XVI.eme siécle

Edition revue et trés augmentée, suivie de portraits particuliers des principaus poétes
Charpentier, Libraire-Editeur, Paris, 1843, encadernação antiga mas posterior à data de edição, em material sintético e modesta, 508 pgs.
Exemplar com leve acidez dispersa.

SALÃO DE LISBOA

Pintura, escultura, aguarela, gouache, desenho

S.N.I., 1947, brochado, profusamente ilustrado, sem numeração, 16 pgs.
Palavras introdutórias de Diogo de Macedo
(Para ver a outra fotografia, carregue na que se encontra à sua esquerda)

SALAZAR

Respondendo a Afonso Costa

Com um Preâmbulo e comentário sobre o 25 de Abril por Carlos Camposa
C.ia Ed. do Minho, Barcelos, 1976, brochado, 31/1 pgs.

SALAZAR – ANTOLOGIA

Discursos, Notas, Relatórios, Teses, Artigos e Entrevistas (1909 – 1955)

Ed. Vanguarda, Lisboa, 1955, encadernação recente mantendo as capas de brochura, com retrato do homenageado, 361 pgs.
“Edição comemorativa da visita do Presidente dos Estados Unidos do Brasil a Portugal, em Abril de 1955 e dedicada à Colónia Portuguesa no Brasil e a todos os brasileiros unidos a Portugal, no momento histórico do agravo feito à India Portuguesa”.

SALAZAR, ABEL

A crise da Europa

Ed. Cosmos, Lisboa, 1942, encadernação recente mantendo as capas de brochura, Col. Biblioteca Cosmos nº 31, 142 pgs.
Exemplar com as capas cansadas e enxovalhadas

SALAZAR, ABEL

O que é a arte?

Liv. Académica, S.Paulo, 1940, boa encadernação recente mantendo as capas de brochura, 220 pgs.

SALAZAR, ABEL

Um estio na Alemanha

Ed. Nobel, Coimbra, 1944, brochado, 291 pgs.

SALAZAR, ABEL

Uma Primavera em Itália

Nunes de Carvalho Ed., Lisboa, 1934, brochado, com dedicatória do Editor, 195 pgs.
Exemplar com as capas e lombada cansadas

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA


A crise política europeia e a situação externa de Portugal

UN, Lisboa, 1939, brochado, 31 pgs. Capas com acidez.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

Invasão e ocupação de Goa pela União Indiana

Discurso pronunciado() a 3 de Janeiro de 1962
SNI, Lisboa, 1962, brochado, 24 pgs.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

A atmosfera mundial e os problemas nacionais
S.N.I., Lisboa, 1957, brochado, 20 pgs. Capas com alguma acidez.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

Caminho do futuro
S.N.I., Lisboa, 1958, brochado, 19 pgs. Bom exemplar.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

Miséria e medo
S.N.I., 1947, brochado, 25 pgs. Exemplar com alguma acidez nas capas.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

O "candidato da paz" e o candidato da pacificação
S.N.I, 1951, brochado, 16 pgs. Capas com acidez e pequenas falhas.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

 

Os princípios e a obra da revolução

SNI, Lisboa, 1943, brochado, 31 pgs.
Capas com alguma acidez.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

 

O ultramar português e a ONU

SNI, Lisboa, 1961, brochado, 23 pgs.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

 

Para que os surdos ouçam e os próprios cegos vejam

SNI, Lisboa, 1951, brochado, 16 pgs.
Exemplar com pequenas falhas na capa anterior.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

 

Votar é um grande dever

SNI, Lisboa, 1945, brochado, 21 pgs.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

Mais um passo na definição e consolidação do regime

SNI, Lisboa, 1949, brochado, 23 pgs.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

Os problemas políticos e o próximo acto eleitoral

SNI, Lisboa, 1953, brochado, 19 pgs.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

A minha resposta

- no processo de sindicância à Universidade de Coimbra
França Amado, Coimbra, 1919, brochado, 25 pgs
[Em Março de 1919, na sequência de uma sindicância a quatro professores da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Salazar fica impossibilitado de dar aulas juntamente com Carneiro Pacheco, Fezas Vital e Magalhães Colaço, acusados de propaganda monárquica no exercício das suas funções. Como nada tivesse sido apurado foram reconduzidos nas suas funções.
Entretanto Salazar publica a sua defesa sob o título “A Minha Resposta”, tal como os restantes acusados, mas em documentos separados. Formula a sua defesa e conclui: «Tenho dado à Faculdade de Direito de Coimbra toda a minha inteligência, todo o meu trabalho, todo o meu entusiasmo pela educação de uma tão bela parte da mocidade portuguesa. Fui suspenso. Fez-se este inquérito agora. Ninguém atacou a minha honra pessoal, a minha competência profissional, a imparcialidade e rectidão dos meus julgamentos, a correcção do meu procedimento como funcionário. Hei-de orgulhar-me sempre destes meus curtos anos de professor: estou satisfeito. Não sei o que virá depois
do inquérito. Eu cá... não quero outra portaria de louvor.»
A 19 de Abril terminou a sindicância e posteriormente foram
reintegrados os professores.]
Exemplar manuseado e com leves vestígios de carimbo na capa anterior. Muito raro.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA

Questão cerealífera

O trigo
Imprensa da Universidade, Coimbra, 1916, brochado, 138 pgs.
Exemplar com assinatura de posse numa guarda , pequenas falhas na lombada e capa posterior. Muito raro.
[Foi marcada e divulgada em edital, pela Universidade de Coimbra, a data de 27 de Novembro de 1915 para concurso, e durante noventa dias, para dois lugares de professor no 1º grupo (História do Direito e Legislação Civil comparada), de dois lugares no 2º grupo (Ciências Económicas), e de quatro lugares no 4º grupo ( Ciências Jurídicas ). Oliveira Salazar propunha-se concorrer aos lugares do 2º grupo, e para o efeito tinha de apresentar dentro do prazo, um tema de sua dissertação, como título científico. Foi escolhida a «Questão Cerealífera. O Trigo».
Concluído o seu estudo sobre a «Questão Cerealífera. O Trigo», apresentou em 12 de Março o requerimento na Universidade para ser admitido a concurso para assistente do 2º grupo (Ciências Económicas). Reuniu-se quatro dias depois o Conselho presidido pelo Dr. Luís da Costa e Almeida, que despachou como «habilitado».
Com a morte prematura do professor Marnoco e Sousa, lente desta cadeira, foi proposto a Salazar iniciar a regência da cadeira ao que este acedeu e assim iniciou imediatamente a docência. Tornou-se professor da Faculdade de Direito antes de prestar provas.]

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA


Apontamento sobre a situação internacional

SNI, Lisboa, 1956, brochado, 17 pgs.
Exemplar cujas capas se apresentam com acidez

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA


Erros e fracassos da era política

SNI, Lisboa, 1965, brochado, 18 pgs.
Exemplar com vestígios de vinco e com carimbo de posse na capa posterior.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA


Goa e a União Indiana – aspectos jurídicos

SNI, Lisboa, 1954, brochado, 14 pgs.
Exemplar cujas capas apresentam alguma acidez e vestígio de dobra central.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA


Governo e política

SNI, Lisboa, 1956, brochado, 14 pgs.
Exemplar cujas capas se apresentam acidificadas

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA


Mensagem à Legião Portuguesa

SNI, Lisboa, 1956, brochado, 4 pgs.
Exemplar com acidez

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA


No fim da campanha

SNI, Lisboa, 1949, brochado, 13 pgs.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA


Portugal e a paz

SNI, Lisboa, 1945, brochado, 30 pgs.
Exemplar com carimbos possessórios na capa anterior, anterrosto e capa posterior

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA


A obra do regime na campanha eleitoral

Lisboa, 1958, brochado, 11 pgs.

SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA


Defesa económica, defesa moral, defesa política

Ed. SPN, Lisboa, 1942, brochado, 28 pgs.

SALAZAR, ISABEL ANTUNES

 

Sombra e claridade
Ed. da Autora, Porto, 1967, brochado, 119 pgs. Exemplar com as capas um pouco sujas.
Prefácio de Hugo Rocha

SALDANHA, MARECHAL-DUQUE DE


A verdade

Imprensa Nacional, Lisboa, 1869, brochado, 61 pgs.
Exemplar com a capa anterior parcialmente solta e com falha.

SALEMA VAZ

Suavidade

Liv. Central, Lisboa, 1928, brochado, 146 pgs. Exemplar com as capas cansadas e com alguma acidez, miolo muito bom.

SALEMA VAZ

Pão do exílio

Escripto que foi, durante o desterro e seu caminho, na Ilha da Madeira, cidade do Funchal no anno de MCMXIX
Portugal Brasil Soc. Ed., Lisboa, 1921, brochado, 134 pgs. Edição muito cuidada, com amplas margens e vinhetas adornando os títulos dos poemas. Capas um pouco quebradas nas zonas em que excedem o miolo. Bom exemplar.
Os desenhos que constituem a capa e o ex-libris d este volume são respectivamente da auctoria dos Senhores António Soares e Carlos Carneiro que propositada e sabiamente os desenharam.

SALEMA VAZ

Quinto: Gula

Lisboa, 1932, encadernado, 100pgs.
Com ilustrações de Alfredo Cândido

SALEMA VAZ

Primeiros rebentos

Frana Amado, Coimbra, 1914, brochado, 152 pgs. Exemplar com pequena assinatura de posse numa guarda, leve e rara acidez.
Prefácio de Jos Agostinho




SALEMA VAZ

Desgarradas
Coimbra, 1919, brochado, com dedicatória do Autor, 121 pgs.
Exemplar com acidez nas capas.

SALEMA VAZ

Lendas da Rainha Santa

Liv.Civilização, Porto, 1936, brochado, com dedicatória de oferta, 71 pgs.
Exemplar amarelecido e com ex libris

SALEMA, MARIA EMÍLIA FREIRE

Uma Dúzia de Razôes

Soc. Exp. Cultural, Lisboa, 1974, brochado, 148 pgs.

SALES LOUREIRO

Fome

Portugália, Lisboa, sem data, brochado, 106 pgs.
Primeiro livro do Autor

SALES, ANTÓNIO AUGUSTO

Barcelona cidade na Catalunha

Prelo Ed., Lisboa, 1972, brochado, 84 pgs.

Resultados 51 - 100 de 888